Monday, July 30, 2007

O dia do batizado





A Luíza foi batizada meio a contragosto nosso. Não me considero católica, aliás a maioria que se diz católica, na minha opinião não o é. Mas tudo bem, cada um na sua. Voltando ao batizado, minha mãe insistiu muito pra que a Lu fosse batizada e eu acabei cedendo. Escolhemos uma cunhada minha para batizá-lo e me arrependo amargamente, porque ela não construiu nenhum vínculo com a menina, não sabe a data de seu aniversário, nunca ligou pra saber dela e, apesar de morarmos na mesma cidade, passa quase um ano sem vê-la. Paciência, a escolha foi minha, assumo o erro e diante das atitudes dela também fiz questão de me afastar e ponto final.
Já com o Pedro Henrique acredito que não teremos o mesmo problema, escolhi uma super amiga. Nos conhecemos desde o colégio e ela e o marido são ótimos e têm um carinho super especial pelo Pedro Henrique. Acho que fiz a escolha certa.
Os religiosos que me perdoem, mas gosto do batismo pelo apadrinhamento, por podermos escolher pessoas especiais pra acompanharem o crescimento da criança, não acredito muito nessa coisa de batizar pra tirar o pecado da criança. Que pecados um menino de 11 meses pode ter?! Ai, será que vou ser excomungada?

Bom, o batizado foi ontem e depois de uma maratona de missas. O Pedro Henrique se comportou super bem, não chorou nenhuma vez, só ficava apontando as luzes e os vitrais e batendo palminha. Um fofo. Depois do batizado, inauguramos a churrasqueira lá em casa. Ô coisa boa! Tirando o frio e o vento insuportáveis, foi um dia muito legal.

15 Comments:

At 9:18 AM , Blogger Fa said...

Cláudia, acho tb que o batizado é mais um meio de a gente falar com as pessoas escolhidas como padrinhos que eles são pessoas muito especiais e q fazemos questão de q eles acompanhem o crescimento do baby. O meu marido tem mais envolvimento com a fé e por isso tb batizamos a Periquita e vamos batizar o Periquito. Bjim

 
At 9:21 AM , Anonymous rose said...

Claudia, que coisa mais fofa esse menino. As fotos ficaram ótemas, vc tá lindona! Beijos

 
At 9:42 AM , Blogger Eva said...

Cada dia que passa ele consegue ficar mais fofo! Que rostinho sapeca!

 
At 9:47 AM , Anonymous Mônica said...

Oi,olha, eu não batizei a Serena, pois não frequento a igreja católica, nem meu marido, aliás não frequento igreja nenhuma, tenho muita fé em Deus, leio a Bíblia, sigo seus ensinamentos, ou melhor aprendo a cada dia a segui-los. Ensino minha filha a respeitar e amar seus próximo e a si mesma. Qto a batizar, algumas pessoas da família e amigos, não sabem o real sentido do batismo na igreja, e dizem que mesmo não sendo católica eu teria que batizar a minha filha por causa do pecado... que pecado meu Deus? Outras porque deveria aprensentar minha filha a Deus, mas como assim? como apresentar uma filha Dele? Um anjo que Ele me enviou? Sei lá, não gosto da igreja católica e tem muita gente que aceita determinados rituais sem questionar. No seu caso, que quis que seu filho tivesse por padrinhos um casal amigo, que vá acompanhar o crescimeto e vida dele, é diferente, tem um sentido, agora tem muita gente que o faz por sentido nenhum....
Ai, desculpe o comentário enorme...
Beijos e parabéns pela data.
Ah, e o que vc acabou fazendo para servir?
Beijos de novo.

 
At 9:47 AM , Anonymous Daniela said...

Gente, que menino comportado! Adorei!
Beijim pra ele e pra vc tb.

 
At 2:32 PM , Anonymous  said...

Clau, o Pedro estava lindo demais e você também (aliás achei vocês parecidos e ele parecido com a Luíza). E vamos ser excomungadas juntas, pois penso exatamente como você em relação ao batismo. Parabéns por esse filho cada dia mais fofo! Bjs

 
At 3:20 PM , Anonymous Flávia said...

Cláudia, concordo contigo em relação ao batizado, e acredito que vc não será excomungada por sua opinião, rsrs.
O Pedro está tão grande e bonito! Parabéns! Beijos.

 
At 4:38 AM , Blogger Renata said...

Que lindo o Pedro Henrique no batizado, muito fofo como sempre. Beijos

 
At 10:24 AM , Blogger Dinha said...

Eu não sou católica, mas acho um rito bonito e importante - para a sociedade como um todo (ser batizado) e pelos padrinhos. Como meus filhos, os 2 tiveram 2 casais de padrinhos cada. E tive sorte com 1 casal de cada lado... menos mal.
Lindas as fotos, Pedro arrasou neste dia, pelo jeito.
Bjs!

 
At 12:55 PM , Anonymous Bianca said...

Clau, penso identico a vc. batizei o Gui porque tenho Deus no meu coração, agora pecado aos 6, 11 meses é fogo, não ??? Até na 1a. comunhão, minha mãe ficou tão p. da vida ao saber que eu teria que confessar os meus pecados ( com 10,11 anos), quebrou um pau com as irmãs e eu fiz a 1a. comunhão sem confessar... ehehe...Bom, Parabéns pelo PH, tá lindo ele e realmente a Luiza está bem parecida com vc, viu ???
beijocas!!

 
At 2:39 PM , Blogger AMA said...

oi conheci vc e seu blog pelo grupo fly
estou adorando
parabens
eu tenho muito a aprender de vcs
bjos
amalia

 
At 5:49 PM , Anonymous Chris, mãe da Ciça said...

Clau, concordo com você, viu? Para mim o batizado nada mais é que dizer às pessoas o quão especiais elas são, para se tornarem responsáveis pelos nossos filhotes, caso algo nos aconteça (knock, knock, knock 3 vezes na madeira)!
beijos e parabéns pelo filhote cada dia mais lindooo

 
At 6:09 PM , Blogger Alessandra said...

Claudia,
Eu tambem acho essas escolhas de padrinhos pra batizar meio dificeis, no caso do Caio foi uma novela. Mas finalmente o batizado sai na semana que vem, junto com o bolo de 1 aninho. Dá pra acreditar que já passou um ano que a gente se falava pra saber das barrigas ?
Espero que o Caio se comporte tão bem como o Pedro Henrique, mas eu acho que não .... Ai meus sais
Beijos

 
At 5:19 AM , Anonymous Carol said...

Claudia! Estou no dilema do batizado! Batizo, não batizo? Não sou ligada nessas coisas, ma s sei lá, acho que o ritual pode ser importante, de repente...como ela está com 5 meses apenas, acho que dá para pensar mais um pouquinho, né?Bjkas

 
At 9:30 PM , Anonymous Anonymous said...

O Verdadeiro significado do batismo não é se libertar do pecado de um bebê. mas sim do pecado Original, que entrou no mundo por Adão e Eva, no batismo nos tornamos cristão, povo de Deus,recebemos o Espirito Santo que é o Próprio Deus, que nos Ama e morreu por nós. Se Jesus, que é Deus foi Batizado, se ele institui o Batismo, ele que era Santo e sem pecado, nós pecadores que o amamos devemos fazer o mesmos, e os padrinhos não são apenas pessoas que os pais gostam, que vão estar em aniversários e festas,mas sim são pessoas escolhidas para ajudar os seus afilhados a caminharem na fé, na igreja e no Amor de Deus.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home